• Arquiteto Elimar do Carmo

Tudo sobre CIMENTO QUEIMADO


O cimento queimado ressurgiu como uma forte tendência na arquitetura. Algum tempo atrás era bastante usado e associado às obras de baixo custo, porém hoje está ganhando presença em diversas construções.

Seu estilo versátil facilita sua combinação com diversos estilos, principalmente o estilo industrial que também está bastante em alta.


Vim aqui contar para vocês tudo que precisam saber sobre cimento queimado, afinal, como ele é feito, e quais as vantagens e desvantagens de usar esse material em casa?



COMO É FEITO:

O cimento queimado artesanal é feito a partir de uma mistura de areia, cimento e água, sendo a proporção da mistura variada de acordo com a granulometria da areia, aplicada no piso ou parede. Após a aplicação dessa argamassa de cimento, é polvilhado um pouco de cimento seco em cima da massa ainda úmida e em seguida, é desempenada com uma desempenadeira ou espátula de aço. Esse processo de "alisamento" é chamado de queimadura, daí o nome cimento queimado.

É característico desse material as manchas, trincas e rachaduras do cimento, mas para que isso não apareça em excesso podem ser feitas juntas de dilatação de 3 a 4 mm, podendo ser feitas com madeira, plástico ou até metal. O resultado final são blocos de cimento queimado no piso que variam até no máximo 3 metros de largura, dependendo do projeto de paginação.

Por ser um processo artesanal, o efeito final pode variar muito de acordo com a proporção da mistura do cimento e a mão de obra de execução, tornando cada piso de cimento queimado com características únicas. Pigmentos podem ser adicionados à massa para clarear ou escurecer o cimento, bem como colorir. Esse processo de transição de cor também pode ser feito depois do cimento queimado pronto e seco, por meio de ceras específicas para esse fim.

Para você dar uma proteção adicional a esse piso, você pode fazer o uso de alguns aditivos, como por exemplo a resina acrílica a base de solvente e impermeabilizante.

Por mais que seja um processo simples, a mão de obra vai impactar muito no resultado e na qualidade final do cimento queimado, então procure profissionais experientes com essa técnica.



REVESTIMENTOS ESTILO CIMENTO QUEIMADO:

O cimento queimado começou a fazer tanto sucesso que a indústria percebeu e começou a usá-lo em diversos materiais como uma textura. Hoje, podemos encontrar facilmente no mercado produtos como porcelanatos, cerâmicas, papéis de parede, tintas, pisos laminados e vinílicos, MDFs, dentre outros que imitam o efeito de cimento queimado.

As vantagens de usar esses materiais ao invés do próprio cimento queimado artesanal são muitas, como saber exatamente como vai ser o resultado final, a temperatura do piso, o material nunca apresentar rachaduras ou trincas ou manter o aspecto inalterado com o tempo.



VANTAGENS:


Preço: ele tem um baixíssimo custo comparado a outros acabamentos.

Durabilidade: é um piso extremamente resistente, pode arrastar a mobília, ter alto tráfego de pessoas que ele não vai se desgastar ou acabar.


Flexibilidade: combina com qualquer tipo de estilo e material, e pode ser usado em qualquer ambiente da casa. Uma ressalva é a utilização em ambientes úmidos quando ele possui um acabamento muito liso, pois pode se tornar escorregadio.


Monolítico: ele é uma peça inteira, não dando a impressão de várias pessoas juntas como na cerâmica tradicional.


Variedade de cores: pode-se utilizar diversos corantes para mudar a cor do cimento, bem como para escurecer. Para clarear podem ser usados pó de mármore ou cimento branco.


Instalação: ele pode ser instalado sobre um piso já assentado, contudo para pisos mais lisos aconselho que façam chapiscos para melhorar a aderência do cimento com o piso liso. Ele também permite que outros pisos sejam assentados sobre ele, tornando-o um contra piso.


DESVANTAGENS:


Trincas: quando não for feito juntas de dilatação ou aditivos.


Manchas: é difícil evitar manchas quando se utilizam mais de um tipo de cimento ou quando não é feito o cômodo inteiro de uma vez. Além disso, se o piso não for devidamente selado podem aparecer manchas por infiltração de água.


Piso Frio: ele esfria o ambiente.


Escorregadio: caso seja muito polido, pode se tornar escorregadio com a presença de água.



MANUTENÇÃO:

Ele é um piso de extrema durabilidade, mas precisamos de manutenção para manter o aspecto novo do piso. Uma dica é usar regularmente uma cera para manter o piso selado e com brilho. A manutenção diária fica por conta de água e sabão neutro.



COMBINA COM O QUE:

O piso de cimento queimado, ou os revestimentos que o imitam em textura são muito versáteis quando a combinar com diversos estilos de interiores. Ele pode ser usado alinhado ao estilo rústico, praiano, moderno, contemporâneo, minimalista, vintage, escandinavo, dentre diversos outros.

Porém hoje ele é muito associado e usado com o estilo industrial, que intensifica o aspecto natural do cimento e do concreto. Este, por exemplo, foi o estilo escolhido para o projeto do nosso escritório.




Confira também nosso vídeo sobre o tema no nosso canal do YouTube:


E que tal ter o acompanhamento de um arquiteto durante todo o processo de escolha dos revestimentos? Clique aqui e marque uma conversa comigo, podemos analisar juntos o melhor serviço para o seu caso!

Conte pra gente nos comentários o que você achou deste tema! Ainda lhe resta alguma dúvida? Entre em contato conosco que teremos o maior prazer em responder todas as suas dúvidas!

  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Pinterest - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco